terça-feira, 27 de julho de 2010

VOOS LIMITADOS NO ACRE

Por causa de obras da reforma da pista do Aeroporto Plácido de Castro, em Rio Branco (AC), a Gol e a TAM passaram a operar no Estado com aviões de menor capacidade para transporte de passageiros.

O transtorno para quem quer sair ou chegar ao Acre já começou, pois as duas companhias aéreas anunciaram que só há vagas a partir do dia 7 de agosto.

A TAM, que operava com Airbus A320, passou a operar com Airbus A319. Podia transportar até 174 passageiros, mas agora transporta apenas 144. A Gol teve que trocar seu Boeing 737-800 pelo 737-700. Transporta agora apenas 108 passageiros.

Insatisfeitos com a situação, passageiros se inscrevem nas listas de espera.

As duas companhias aéreas tiveram que adequar o peso de suas aeronaves porque os primeiros 600 metros da pista da cabeceira foram interditados para que receba manutenção definitiva. A pista mede 2,1 mil metros de extensão e tem 45 metros de largura.

Leia mais no Blog da Amazônia.

2 comentários:

Marcel Marques disse...

Eu particulamente acredito que o melhor seria a construção de uma pista ao lado da já existente, de prefêrencia maior e com uma boa área de escape, podendo assim atender aviões de maior porte.

O próprio aeroporto também necessita de reforma e ampliação, acho que foi aqui mesmo que li que opera hoje anualmente bem acima da sua capacidade.

Rodney disse...

Pior é que, além do fator segurança, que seria resolvida com a reforma total da pista de pouso ou construção de uma nova, há o problema do terminal de passageiros sequer possuir climatização, numa região que frequentemente encontra temperatura acima dos 35ºC.
Segundo noticiado pelo site do Sen. Tião Viana, a capital do Acre em breve ganhará um novo terminal e uma nova pista, de concreto, capaz de suportar as adversidades por um tempo maior que a atual, em asfalto.
É esperar pra ver.