quinta-feira, 19 de novembro de 2009

BRINCANDO DE CASINHA



O PAC precisa ser acelerado porque as eleições se aproximam e Dilma Roussef é presidenciável. Por isso o programa de habitação popular do Acre se expande com a construção de milhares dessas casinhas. As novas pouco diferem das casinhas que já ocupam a cena urbana. Não importa que não haja, por exemplo, esgoto no bairro Jorge Lavocat, em Rio Branco.

7 comentários:

Regina Cavalcanti disse...

Habitação e saneamento para todos... Esse "bandeira" era nossa, da esquerda, repetida tantas vezes...

Luís Eduardo C. R. Valle disse...

Que esquerda!? Fala sério.
PAC (neste caso), Bolsa Família e Fome Zero é o maior programa de compra de voto que ja existiu. E a sua esquerda sabe fazer o indevido uso.
A bandeira da esquerda não faz mais sentido ha muito tempo. Fazia enquanto era oposição. Sem ter o porder nas mãos.

Rosangela Barros disse...

O mais absurdo, além da falta de saneamento básico desses insustentáveis projetos habitacionais, é assistir de camarote a nossa madeira sendo exportada e as casinhas serem construídas com lixo que nos sobra!... Oh! Migalhas sustentavelmente insuportáveis! E viva o Acre da Florestania!

Gabi Ramos disse...

Ser pobre não é fácil não....

Acreucho disse...

Até agora, nos conjuntos Juruá, Envira e Purus, não vi nenhum pobre que tenha tomado posse da moradia, em todas as casas a gente vê carrões, ar condicionado split e construção de garagens e varandas.

Francisco Dias disse...

O Brasil já deu um giro de 180 graus, mas ainda faltam políticas habitacionais consistentes. Não se pode mais pensar em habitação popular como aquela construção quadrada, com cozinha, banheiro e um espaço que serve de sala e quarto para a família toda, desrespeitando privacidades. Também não é mais possível falar em habitação popular como unidades de baixa qualidade construtiva, péssima solução estética, sem infra-estrutura e localizadas em regiões afastadas. A habitação popular deve contribuir para o resgate da cidadania e isso implica bom projeto, boa construção e infra-estrutura, com áreas de lazer, saneamento, redes de água, energia, escolas, transporte.O que pelas imagens inexistem, tudo isso não passa de politicagem às vésperas de eleições, só um cego não consegue enxergar o que é óbvio.

Andarilho disse...

kkkkkkkkkk
O acreucho falou uma verdade sobre essas casas.
Bandeira da esquerda, Regina Cavalcanti?
Faz o seguinte, procura nos sites governamentais sobre o PPA do Fernando Henrique Cardoso, FHC, durante a passagem de governo para o LULA, e você irá notar que o 'garotinho metalurgico', a jóia da esquerda, eleito para presidente, somente fez assim 'Ctrl+C' e 'Ctrl+V' nos programa sociais que estavam previsto para serem realizados pelo FHC. E 'deu' aquela 'retocada', tipo: mudou o titulo, trocou a ordem das palavras. Coisa do tipo 'universitário incompetente' que não consegue postular um trabalho de faculdade.
Você quer ver o que seria bandeira de verdade e sairia 'bem na foto' para o governo?
Leiam essa notícia (com permiço do Altino):
http://www.ac24horas.com/index.php?option=com_content&task=view&id=6998&Itemid=26