quarta-feira, 6 de maio de 2009

MPE AMEAÇA POLICIAIS

20 anos de cadeia para quem participou de manifestação contra o governador Binho Marques (PT)


O Ministério Público do Estado do Acre anunciou hoje a disposição de agir com rigor para que sejam punidos mais de 200 homens da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros que acamparam na segunda-feira em frente à casa onde funciona o escritório do governador Binho Marques (PT), no centro de Rio Branco (AC).

- Nós queremos a exclusão de todos eles dos quadros da Polícia Militar por crime de motim. Eles podem pegar até 20 anos de prisão cada um porque sitiaram o poder do Estado representado na figura do governador. Terão que responder por isso - afirmou procurador de Justiça, Sammy Barbosa Lopes, da Coordenadoria do Controle da Atividade Policial,

O MPE quer identificar os manifestantes a partir de imagens que já foram solicitadas a alguns veículos de comunicação. O governador, que chegou a ser impedido pelos manifestantes de sair do escritório em carro oficial, foi obrigado a deixar o prédio a pé quando necessitou se ausentar para participar de um compromisso.

Binho Marques chegou, ainda, a ser vaiado ao caminhar entre os militares e seus familiares, que instalaram mesas e banheiros químicos na rua, além de portarem faixas, cartazes e carros de som. Os militares queriam ser recebidos pelo governador para exigir melhorias salariais. Posteriormente, durante uma solenidade pública, Marques chamou os militares de baderneiros e prometeu punir os que infringiram o estatuto da corporação.

Leia mais no Blog da Amazônia.

44 comentários:

Nilton disse...

Pode até excluir, mas a história na coorporação de cada um não será exluída. Cada vidas salvas, cada mérito, medalha ganha, dedicação exclusiva, dedicar todas as forças no trabalho, cada curso que foi gasto público, cada reconhecimento da sociedade não será excluído por uma simples reivindicação dos direitos. Excuir um militar é excluir a democracia, é excluir a história da PM e do Corpo de Bombeiros a serviço da sociedade que leva o nome de segurança pública. Cada preso custa mais de dois mil reais para o Estado, seria bom pagar 80 reais a mais que eles reivindicam. Isso é ser inteligente.

Charles Foster Kane disse...

ddsgsd

Cruzeirense disse...

Parabéns ao MPE e ao Governador.

História todo mundo tem, qualquer trabalhador. Eu disse trabalhador Nilton.

Protestar atropelando o direito dos demais é no mínimo repugnante.

Qual a moral da PM hoje, se é que tinha?

lais disse...

Quantas vezes o senhor fez isso governador, foi até o poder constituído e fez 'baderna' também? Não ache que por sua exelente atuação como administrador, o senhor vai estar excluído de receber vaias ou protestos na porta do seu gabinete. Segure as pontas Governador, respeite aquilo que um dia foi seu instrumento de reivendicação também! Se houve excessos, de fato, devem ser punidos aqueles que o fizeram! Mas todos, inclusive Governadores, devem engolir uns sapos de vez engando! Siga o exemplo do Presidente da Helibras Jorge Viana que teve que dormir com um "Jorge vai la atrás com o teu pessoal" quando embarcava com o Presidente Lula para Cruzeiro do Sul um dia desses. Calma, não por isso o senhor vai deixar de ser a pessoa importante que é, mesmo que alguns lhe vaiem ou não lhe respeitem.

jonathas.vasconcelos disse...

Eu pensava que o MPE era o fiscal da lei. Mas pelo que vejo nada mais é que o MPF (Ministério Público da Floresta). Lamentávelmente isso vem acontecendo em nosso Estado.

Se fosse apenas a PM e o CBM insatisfeitos com a forma desse governo tratar os servidores, mas tem os agentes penitenciários, defensores públicos, saerb e a saúde já está ensaiando um manifesto.

Lamentável, lamentável...

Nilton disse...

Está certo cruzeirense, PM está a serviço do Governador, situação de debate ou articulação política deixa para os estudantes e partidos políticos. Me calo, faço como Charles Foster Kane: "ddgsd...aibdapfmadapaeofvmp".

VÍTOR FARIAS disse...

Incrível como quando coisas desse tipo acontecem e têm a PM como personagem principal, teimam em ressuscitar o velho discurso: “Não queremos voltar aos tempos do esquadrão e não sei mais o que”. O que isso tem a ver com a manifestação? Eles não brigam para instituir uma anarquia, mas para que os seus direitos sejam respeitados.
Hoje tenta-se viver um estado de direito (um direito bem tendencioso, pelo visto), mas porque não se lembrar do passado - essa é a hora - quando aconteciam manifestações bem mais barulhentas e perturbadoras que essa promovidas por quem hoje ocupa o poder - é bom também que lembremos que nós os colocamos lá - e ninguém dizia nada. Na verdade, naquela época, parecia não haver muito direito, ninguém era direito.
É certo que a manifestação causou transtorno, mas quem os ouviria se ficassem em discussões penumbrais ou de bastidores? Quem atenderia suas justas reivindicações, dentre as quais estão a luta por melhores condições de trabalho e aumento de efetivo (o que significa que eles querem trabalhar), se eles não reverberassem na frente da Casa Colorida? Eles só são lembrados quando uma casa ou loja é assaltada, quando uma moto é roubada ou um jogo importante vai acontecer na Arena ou quando algum dele surta – o que pode acontecer com qualquer cidadão estressado. Às vezes, ninguém nem os nota, mas eles estão 24h do dia por aí, rodando e expondo suas vidas ao perigo. Trabalhadores eles são sim e têm direito de reclamar.
Estive pensando: nossos poderosos políticos petistas nunca imaginaram estar onde estão e receber os gordos salários e as fartas gratificações que recebem hoje, embora tenham gritado e barbarizado muito por isso. Mas, será que eles se imaginam vivendo com R$1.600,00, rendimentos de um PM início de carreira, tendo que "educar" filhos, alimentar família, vestir e viver? A resposta é um monossílabo: Não.

Ezequias disse...

Fique sabendo o MP que os policiais e os bombeiros militares estão unidos. Mexeu com um , mexeu com todos. A reivindicação é justa.

Chagas Batista disse...

O ACRE TEM MUITAS PRIORIDADES, MUITOS PROBLEMAS PARA SEREM ENFRENTADOS E SUPERADOS, CERTAMENTE, O MIOR DELES NÃO É O SALÁRIO BAIXO DA PM.

O GOVERNADOR BINHO MERECE MAIS RESPEITO PELA SUA SIMPLICIDADE, HONESTIDADE E COMPROMISSO COM A POLPULAÇÃO ACREANA, INCLUSIVE COM UMA POLICIA COMO MELHORES CONDIÇÕES DE SALÁRIOS DE DE TRABALHO. CALMA MARJOR!!!!

gualter disse...

Quem diria hem Governador Binho Marques, dos panelaços da vida, do dia "D" que até hoje tentam imputar a baderna nas costa dos Policiais Militares que la foram "desobstruir" as ruas da baderna do Sinteac de Nalu, Edvaldo,Perpétua apaniguados, que usaram e abusaram dos sindicatos representativos das categorias de classes, para projeção política, a nível de vereadores, dep. estadual e federal, não é mesmo dep. Moisés, agora querem bancar os santos e partir com lição de moral para cima dos outros. Nós policiais militares enterramos os nossos mortos com dignidade, não os usamos nem os carregamos em via pública como martires de nossas causas. Pedimos respeito. Se comportem como chefes para terem o nosso respeito. Sejam civilizados. Não tripudiem de nossa situação. Sentemos todos para falar e ouvir, conversar, negociar.

Vingador disse...

Bem,
Eu acredito que isso vai virar uma bola de neve. Aos PM's vão se juntar outros e outros...Até que se torne uma massa de insatisfeitos...Vai ser dificil segurar....

Mambira xixica disse...

Eu quero saber o que o MPE fez com relação aos mensalões da PM! Nada foi investigado, pois, o próprio comando autorizou os mensalões aos peixes. Isso sim merecia expulsão e perda da farda. Roubo é crime!
CadÊ O MPE QUE É TÃO "EFICIENTE" EM TOMAR DECISÕES? BANDO DE BAJULADORES QUE INVERGONHAM A JUSTIÇA.

eliomar m. disse...

Mais como o mundo dá muitas voltas meu povo, vejamos por partes. 1. É muito raro o MPE/ac intervir nesses movimentos em prol de melhorias salariais e condições dignas de trabalho, mais tudo na vida tem à primeira vez então esta é á primeira acho eu, 2. Já que criaram o tal controle externo da atividade policial, por que o MPE/ac, aproveita à onda de moralização da tal "baderna" manifestação e cria o controle externo da atividade dos LADRÕES ,ASSALTANTES, CRIMINOSOS e etc. 3. O comentárista cruzeirense, se algum dia for vitima de alguma bárbarie por parte dos filiados ao sindicato do crime, será que ele teria á mesma opinião sobre à "baderna" que os militares fizeram e tiraram o direito de ir e vir dos demais, com certeza não. E é por estas e outras que á cidade dele cuzeiro do sul, está quase sendo levada para outro lugar pelos filiados ao crime. 4.O governador do estado não é burro já acionou á justiça justamente prevendo que não vai atender ninguem de forma alguma e não adinta sindicato nenhum fazer choradeira ou "baderna" que ele não atende. 5. minha opinião é que só teremos combate de verdade aos filiados do sindicato do crime, se tivermos uma policia FORTE, unida e bem paga. Será que o nosso governador nunca fez movimentos ou "baderna" por melhores salários, claro que já fez e olha que não foram poucas manifestações que estes que estão no poder fizeram. Dai dizer que o major ROCHA, vai ou não ser candidato á alguma coisa só o tempo vai dizer; mais como todo mortal ele tem sim o direito de disputar cargos politicos.

Antonia Souza disse...

Não precisa ser muito atencioso para ver que a segurança está um caos! O estado está entregue aos bandidos, a população está refém.
Os policiais estão sem farda, ganham mal, não tem colete a prova de bala( estã vencidos), viaturas quebradas, balas mofadas e velhas, sem munições, o prédio do comando está quase para desabar e possui rachaduras que cabem uma mão .... e assim vai.....Ora, e ainda querem que esses profissionais fiquem calados, omissos e coniventes com essa pouca vergonha? É muito fácil achar que está tudo bem e acusa-los de baderneiros! NOSSOS IRMÃOS, FILHOS, MARIDOS ESTÃO COLOCANDO SUAS VIDAS EM RISCO PARA CUMPRIREM SEU TRABALHO, ESTANDO SUJEITOS A MORREREM POR FALTA DE UM COLETE, OU POR USAR COLETES VENCIDOS E ASSIM VAI! O QUE NÓS, "POPULAÇÃO E FAMILIAS DE MILITARES " QUEREMOS É SEGURANÇA! SEGURANÇA PARA TODOS OS CIDADÃOS E PRINCIPALMENTE PARA OS NOSSOS FAMILIARES (MILITARES) QUE LHIDAM COM A ESCÓREA DA SOCIEDADE. NADA MAIS JUSTO QUE OFERECER A ELES O MÍNIMO DE CONDIÇÕES DE TRABALHO.

Talita disse...

Olá Altino, gostaria de te parabenizar pelo seu Blog. Não nasci no Acre, porém me considero acrEana por ter morado 21 anos nessa terra maravilhosa, diga-se de passagem foram anos bem vividos. Atualmente moro em BSB e visitar o seu blog diariamente se tornou um hábito muito agradável, pois através dele tenho a oportunidade de ter notícias (imparciais) sobre o meu Estado.
Tenho certeza que muitos dos seus leitores (assim como eu) se sentem bem representados por suas justas palavras.
Te admiro muito, não apenas pelo EXCELENTE jornalista que és, como pela sua coragem e principalmente pelo ser humano que é Altino Machado.
OBS: Como não encontrei nenhuma outra forma de te parabenizar, o jeito foi postar aqui.
Tudo de bom!
Talita Balzon

Talita disse...

Olá Altino, gostaria de te parabenizar pelo seu Blog. Não nasci no Acre, porém me considero acrEana por ter morado 21 anos nessa terra maravilhosa, diga-se de passagem foram anos bem vividos. Atualmente moro em BSB e visitar o seu blog diariamente se tornou um hábito muito agradável, pois através dele tenho a oportunidade de ter notícias (imparciais) sobre o meu Estado.
Tenho certeza que muitos dos seus leitores (assim como eu) se sentem bem representados por suas justas palavras.
Te admiro muito, não apenas pelo EXCELENTE jornalista que és, como pela sua coragem e principalmente pelo ser humano que é Altino Machado.
OBS: Como não encontrei nenhuma outra forma de te parabenizar, o jeito foi postar aqui.
Tudo de bom!
Talita Balzon

Charles Foster Kane disse...

A ditadura silenciosa mais uma vez põe suas garras de fora. Me envergonho quando vejo os poderes públicos como o MPE, devido a imensa politicagem fétida que permeia todos os poderes, anunciando que alguns manifestantes podem ser presos...aqui jaz democracia.O governador anterior ficava "puto" quando contrariado, o atual fica "magoado"...a mágoa é um filhotinho do ódio, vamos esperar ano que vem, para que nós acreanos tenhamos que quebrar a cara e defender esses líderes(baderneiros de outrora)enchendo nossos ouvidos de mentiras e passando por cima dos nossos direitos.

Charles Foster Kane disse...

A ditadura silenciosa mais uma vez põe suas garras de fora. Me envergonho quando vejo os poderes públicos como o MPE, devido a imensa politicagem fétida que permeia todos os poderes, anunciando que alguns manifestantes podem ser presos...aqui jaz democracia.O governador anterior ficava "puto" quando contrariado, o atual fica "magoado"...a mágoa é um filhotinho do ódio, vamos esperar ano que vem, para que nós acreanos tenhamos que quebrar a cara e defender esses eleitos como nossos governantes(baderneiros de outrora)enchendo nossos ouvidos de mentiras e passando por cima dos nossos direitos.VIVA A BLOGOSFERA!

acreucho disse...

Bem, o Governador Binho Marques mesmo disse, que não quer voltar aos velhos tempos. Qualquer um de nós, não quer. Nunca mais queremos voltar aos tempos em que as manifestações eram reprimidas com gas lacrimogenio, cães, cacetetes, espancamentos... ditadura nunca mais!
O Procurador Samy está exagerando, não houve crime para a punição que ele está ameaçando. E quem seria o PT para exigir punição para manifestantes? O partido que mais se manifestou na história do Brasil, derrubou presidente, fez baderna, quebra quebra e outros tipos de violência contra seus opositores? Como pode um partido de trabalhadores querer punir trabalhadores por reivindicar seus direitos. Quantas vezes o PT foi para a rua, sem direito, reivindicar o que não era pra reivindicar? Estão dando importância demais para o fato, estão querendo criminalizar uma ação de trabalhadores. Vamos primeiro prender, por vinte anos, todos os integrantes do MST, esses sim, são baderneiros de verdade. Como governador, Binho Marques não pode levar as coisas para o plano pessoal, ninguém ofendeu ele pessoalmente. Se alguém o fizer, aí teremos um crime, e ele poderá acionar na Justiça o cidadão, até lá, não passa de uma manifestação democrática. Até Lula pega vaia, porque não Binho? Mas, a gente esperar que o pessoal do PT saiba o que seja democracia é esperar demais.

acreucho disse...

Imagine, o Binho Marques ficar melindrado com o que aconteceu. O povo está pedindo a cabeça do Gilmar Mendes em Brasília. Acenderam 10 mil velas na porta do STF. Vi ainda à pouco neste blog: http://saiagilmar.blogspot.com/2009/05/o-povo-iluminando-o-judiciario.html#comments
O povo está começando a se cansar!

deveras40 disse...

Nesses nove anos de governo do PT foi a primeira manifestação de quem não tem medo. A CUT e seus sindicatozinhos pelegos no máximo fazem uma passeatazinha. Os trabalhadores da segurança pública fizeram o que deve ser feito frente a um administrador que não quer ouvir os administrados: sentou acampamento e só saiu quando foi ouvido.

Nilton disse...

Acreucho, não vão prender o pessoal do MST pois eles são do PT. Tenta acompanhar o que fazem com a Liga Camponesa.

Antonia Souza disse...

CHAGAS BATISTA, vocÊ faz essse comentário ridículo e tendencioso, porque não tem um filho, nem irmão, nem marido, que sai na madrugada para pegar bandido sujeito a morte por falta de instrumentos de segurança, e ainda sem uma remuneração digna para o suStento da família! Quantos de nossos parentes já morreram em trabalho, e hoje suas famílias passam dificuldades, recebendo uma miséria? PARA VOCÊ DEVE ESTÁ BOM, POIS DORME TRANQUILO SEM SE PREOCUPAR COM A VIDA DOS SEUS ENTES! Aos guerreiros cabe lutar por seus ideais e melhorias, JÁ AOS BORRA-BOTAS CABE O RIDÍCULO PAPEL DE SUBMISSÃO !

FORA ROMARIO CÉLIO!
FORA ROMARIO CÉLIO!
FORA ROMARIO CÉLIO!
FORA ROMARIO FORA ROMARIO CÉLIO!
FORA ROMARIO CÉLIO!
FORA ROMARIO CÉLIO!
FORA ROMARIO CÉLIO!

Rachel disse...

Acho que a punição é demasiada, mas que tem que ter punição tem sim. Porque os guardiões da "segurança" não fizeram como os defensores públicos, que foram para as ruas, atrapalharam o trânsito, mas não impediram as pessoas de circular onde queriam. A Constituição do Brasil é clara: todos tem direito de ir e vir. E os baderneiros impediram que o MEU direito fosse preservado.
E para o governo de quem quer que seja eu não sou apadrinhada do governo, sou comerciante e estudante de direito.

bau disse...

Muito bem fez o ewntão deputado João Correia que ofereceu cinco reais pela honra de cada um dos membros do Ministério Público do PT. ELES VALEM ISSO?
bau

ricardo disse...

Altino,
lamentável como as coisas acontecem no Acre. A manifestação foi cheia de abusos, de todos os lados. Mas não acho que foi atitude de bardeneiro que eles tiveram, acho que foi mais uma atidude de desespero, governador...Ninguém gosta de ficar no meio da rua gritando e reinvidicando melhorias nas condições de vida, quando o faz é porque a coisa já está em um estágio crítico.
Mas mesmo assim o senhor insiste em chamar esses trabalhadores de "baderneiros", e manda um recado pro MPE: "Quero punição!!!!", e o MPE, que de órgão autônomo não tem nada responde: "20 anos de cadeia para os baderneiros!!". Aí o telefone toca no gabinete do excelentíssimo-senhor-doutor-da-moralidade, o Govbernador Binho Marques: "Tá satisfeito, meu patrão? 20 anos tá bom?"
Ora, o Procurador de Justiça Sammy Barbosa Lopes tem pretensões de subir na vida e ele não é louco de negar um "pedido" do nobre governador.
Os deputados da Frente Popular saem em apoio às atitudes do Governador, e como na política é tudo assim mesmo, e pensam com eles mesmos: "Esse tal de Major Rocha quer ser deputado. Acho que ele quer tomar o meu lugar, e se duvidar toma mesmo porque ele tá com muito espaço na mídia. Já sei, vou dizer que ele é baderneiro e que a única intenção dele é aparecer na mídia pra ganhar votos".
Enquanto isso o Governador sai em defesa dos verdadeiros "Trabalhadores" do Acre: "Os empreiteiros e os diretores do DERACRE não roubaram nem desviaram o dinheiro público, eles são pessoas de honradez e de caráter". Podem até não terem roubado o dinheiro das estradas, mas desviaram pra campanha do PT. Nasta ver na prestação de contas dos maiores candidatos do partido/coligação. Quem quiser ver a prestação de contas do Governador da moralidade entra no site http://www.tse.gov.br/sadSPCE06F3/faces/cadespRecList.jsp
Aqui a gente encontra de tudo, com as doações feitas pelos verdadeiros "trabalhadores" do Acre, que são os donos das construtoras que ganham todas as licitações aqui e que, segundo o Governador, "ganham muito dinheiro no Acre, mas honestamente é claro". Só podem ganhar mesmo por que a Etenge deu R$ 90.000 a JM 160.000,00, a CONSTRUMIL (que dizem que é do Orleir) deu só 100.000,00, a GUASCOR que vive derramando óleo diesel nos rios do Acre deu R$ 75.000,00... e por aí vai. Tá sobrandop dinheiro pra esses trabalhadores...
E os policiais que não doaram nada para a campanha são baderneiros e vão pro olho da rua, e se depender da justiça, eles vão parar na cadeia e de quebra vão fazer a comida dos agentes penitenciários.
A vida é doce mas não é mole!

Andarilho disse...

BOM DIA ALTINO,
PARABÉNS PELO BLOG, QUE É EXEMPLO DE JORNALISMO IMPARCIAL, QUE NÃO DEPENDE DE REPASSE MIGALHADAS DO GOVERNO PARA SE MANTER NO AR. VIVA A GLOBOSFERA.
NÃO VI O MPE SE MANIFESTAR EM 'ENQUADRAR' OS OCUPANTES DE CARGOS DA FLORESTANIA, QUANDO DAS DENUNCIAS DE DESVIOS E ETC. PELO CONTRÁRIO, QUANDO SE PERGUNTAVA 'CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO QUE NÃO VÊ ISSO PELA POPULAÇÃO'. PRONTO! APARECEU O MPE COM TODA A SUA ONIPOTENCIA DE 'DEFENSOR DOS DIREITOS' E QUER ENQUADRAR TRABALHADORES QUE SIMPLESMENTE ESTAVAM PROTESTANDO UM DIREITO QUE LHES CABE E QUE ACORDADO.
HORAS, SE ATÉ O QUERIDO JV ESCUTOU DO LULA NA SUBIDA DO AVIÃO, PQ O GOVERNADOR NÃO PODE ESCUTAR UMA REINVIDICAÇÃO, SE ELE PROMETEU, TEM QUE CUMPRIR.
E AMANHÃ TEREMOS MAIS PROTESTO.

Paulo disse...

A razão existe, é de posse dos militares. Mas também deve existir coerência, nunca os milutares poderiam desrespeitar o direito de liberdade de locomoção do nosso governador, isso é uma afronta descarada aos direitos postos em nossa constituição. É uma verdadeira miséria o salário dos nossos honrados e valorosos soldados, isso tem que mudar. O comando da PM deve tomar um atitude digna e se solidarizar com a reinvindicação de seus homens, pois sabe que tudo é verdade e qie todas são justas e mais do que merececidas. CALMA, gente, muita calma!

Paulo disse...

Governador retaliando protestos.....ou seja: esteja à favor do PT ou esteja contra e seja perseguido. É esse o verdadeiro lema petista. O importante é que, para mim, o ciclo do pt acabou, pois estamos num estado democrático de direito e não podemos aceitar aquilo que simplesmente nos impõem....chega de ideologias políticas distorcendo a realidade da sociedade. Chega! Ano que vem espero a resposta mais forte da sociedade democrática brasileira.

José Ronaldo disse...

É parece que Augusto dos Anjos estava com a razão quando poetizou que a mão que afaga é a mão que apredeja. Em 7 de setembro de 2005 essa mesma polícia algemou, bateu e prendeu estudantes e professores da Ufac por conta de um protesto bem menos expressivo, que aconteceu no local dos desfiles em homenagem ao dia da idependência. Aquele protesto também era por melhores condições de trabalho e foi reprimido exatamente porque não agradou as expectativas do governador.

o melhor do quinari a gente mostra!!! disse...

é inadimicivel quaquer ato de perseguição aos pm´s.eles podem ter errado na forma em que protestaram,mais é inadimicivel qualquer perseguição contra qualquer trabalhador que proteste.
quinarinoar.blogspot.com

Anastácia disse...

Uma antiga senhora acreana, muito educada, nunca dizia que uma pessoa não tinha vergonha; ela dizia que a pessoa não tinha “CERIMÔNIA”,um termo que com certeza deve se originar de CERIMONIAL, o que faz muito sentido!.
Outra expressão que ela usava e já ouvi muitas outras pessoas no nosso querido ACRE usarem é: “FULANO DEU COM OS BURROS NA ÁGUA”. Nunca entendi muito o porquê dos “burros na água” porem ,sempre deduzi ser o mesmo que QUEBRAR A CARA.E se o significado for esse mesmo, vou me utilizar dele para dizer que o governador do nosso estado DEU COM OS BURROS NA ÁGUA.Justamente ele intolerante ao diálogo? E o MPE virou órgão de repressão? DOICOD? Retrocedemos foi?
É por essas e por outras que não tolero essa “esquerda fajuta” do meu Estado e menos ainda o “ EMPODEIRADO", parece mais um remanescente dos CSZAR. Será que ele não tem capacidade de avaliação política pra saber que um confronto desse porte é colocar todas as possibilidades de entendimento no“fio da navalha”? E eu ainda votei nesse cara!

Luísa disse...

Olha aí, VOCÊ que se identificou como CRUZEIRENSE tenho certeza que você não é um cruzeirense. Você não tem sentimento de um CRUZEIRENSE. Se o fosse estaria se solidarizando com essa categoria, torcendo pra que eles consigam através do diálogo e do entendimento o melhor resultado para o desempenho de suas funções. Se você fosse um CRUZEIRENSE você estaria perfilado ao lado do VEREADOR, que teve que se humilhar para ser recebido por sua “MAGESTADE” o Imperador BINHO.
Você não é CRUZEIRENSE!
Você não é CRUZEIRENSE porque você não expressa o sentimento de pânico em que vivem as famílias, as mães, as donas de casas,os comerciantes e a sociedade em geral. A própria policia que não dispõe sequer de uma viatura em condições de trafegabilidade Já vi a porta de um carro da polícia amarrado com uma corda e o vidro todo estourado e assim ficou por meses a viatura rondando pelas ruas de C. do Sul.Um único delegado para atender cinco municípios, cada qual em um extremo, nas condições de isolamento da nossa região.Essa é a história da INSEGURANÇA da população do Juruá .Situação que vem se arrastando ao longo de todos esses anos provenientes do descaso desse governo (revanchista) do PT. E você meu caro, se diz CRUZEIRENSAE! Se solidarizando com atitudes de descaso, repressoras e autoritárias.
Ou você é do tipo que aposta no “quanto pior melhor”?Deve ser daqueles que tira vantagem até das situações caóticas.

VOCÊ NÃO É DA MINHA TERRA!

pessoa.simone disse...

Eu só gostaria de registrar uma coisa: o direito dos PMs, por mais legítimo que seja, não está acima do meu direito de ir e vir.

Nilton disse...

As filas nos hospitais públicos tiram o direito de ir e vir de mais de 90% da população, deixa de ser ridícula.

pessoa.simone disse...

Nilton,

Se o senhor não concorda com a minha opinião, discorde dela apresentando argumentos (e tão-somente argumentos). Não é necesário me chamar de ridícula.

Além de ser deselegante, esse tipo de ataque vil acaba por desqualificar sua pessoa e, consequentemente, sua opinião.

Da próxima vez, faça um esforço e procure manter a compostura, sob pena de ridicularizar o próprio debate.

Slackware disse...

Inadmissivel é escrever "inadimicivel"...

E duas vezes, pior ainda...

Cruzeirense disse...

Luisa,

Sou Cruzeirense sim, e o que isso tem a ver?

Eu me solidariarizando com o essa classe? Uma classe falida e corrupta como essa?

Sabe porque aqui em Cruzeiro só agora a PM começou a reclamar de ter os carros sucateados? Sabe não? Eu respondo... porque só quando os carros apreendidos pela Ciretran iam parar no patio do quartel da PM, eles retiravam todas as peças que podiam. Vi muitas vezes um carro que chegou lá zerado sair em cima de um caminhão depenado.

Agora não, a Ciretran fez um galpão por lá e acabou a festa.

Tem um Tenente lá que teve que devolver o motor de uma moto Falcon de um rapaz acidentado que foi parar lá...isso para não ser processado por roubo.

Quanto ao caso do nosso vereador, considero isso um aproveitamento politico, nada mais que isso. Venceu as eleições com votos de coitados da igreja. Você sabe como foi a greve de fome dele? A base de sucos e refrigerantes e energéticos. Nem greve de fome sabe fazer.

Pra terminar te digo que sou da "tua" terra, só não vivo a mesma ilusão que você vive.

Mas entendo você, meu pai sempre dizia, se não estudar vai ser PM. Ainda dá tempo pra você viu!

Nilton disse...

Desculpas!! "Acabei de tirar teu direito de ir e vir", tudo agora é direito de ir e vir, tirando de foco a situação principal que é a crise na segurança pública e a punição do MPE. Utilizaremos então a máxima de relação. Na pragmática significa ser pertinente.

Beliza disse...

Ouvi que “CIDADÃO NÃO É AQUELE QUE VIVE EM SOCIEDADE, MAS AQUELE QUE A TRANSFORMA’
Com certeza não se avança num processo de transformação e conquistas de uma sociedade quando se fica pensando em desconfortos pessoais e individuais. Como se diz “OLHANDO APENAS PARA O PROPRIO UMBIGO.”

Luísa disse...

Cruzeirense,

Até se fosse o caso, uma opção de vida seria sim, por que não? Não vejo demérito em ser uma policial militar, professora, médica, juíza, jornalista, funcionaria pública, advogada ou simplesmente dona de casa. Mas como sou arquiteta a quase dez anos não da mais para acatar sua sugestão e lhe asseguro que, em qualquer dessas áreas não deixaria de reivindicar melhores condições para o melhor desempenho de minhas funções. Só não acataria, se você me sugerisse para ser: omissa, subserviente , puxa saco e indiferente aos problemas sociais recorrentes em minha cidade.

walmir.AC.lopes disse...

Guardadas as devidas proporções, o que ocorreu seria equivalente ao exército sitiar o presidente da república - seu comandante-em-chefe - no gabinete de trabalho.

jletto disse...

Até o MPE está a serviço do governo isso é lastimável pensei que fosse um orgão independente, mas me enganei onde vamos parar.

Janu Schwab disse...

Farinha pouca, meu pirão primeiro!