sexta-feira, 24 de abril de 2009

DOENÇA DE CHAGAS 100 ANOS DEPOIS

Rede observa reativação da doença com o HIV

O Blog da Amazônia conta que, no centenário da descoberta da doença de Chagas, o Brasil registra 2,5 milhões de portadores.

Agora há nova linha de pesquisa na qual técnicos e pesquisadores formam uma rede que busca prestar assistência em casos novos ou de reativação da doença de Chagas, como consequência do vírus da Aids.


Termina hoje em Belém (PA) a Semana da Comemoração do Centenário de Descoberta da Doença de Chagas. Em abril de 1909, Carlos Chagas (1878-1934), pesquisador do Instituto Oswaldo Cruz, comunicou ao mundo científico a descoberta de uma nova doença humana.

Existem aproximadamente 12 milhões de portadores da doença crônica nas Américas, sendo 2,5 milhões no Brasil.

A alteração do quadro epidemiológico da doença de Chagas no Brasil promoveu mudança nas estratégias de vigilância, prevenção e controle. Foi adotado um novo modelo de vigilância epidemiológica, de acordo com os padrões de transmissão da área geográfica.


Leia mais no Blog da Amazônia.

Um comentário:

Unknown disse...

Meu prezado amigo Altino Machado, Carlos Chagas deve esta "Arrancando os cabelos" la em cima. Mas, a doença de chagas nao é a única que "voltou" a hanseniase esta "na area" tambem,aqui no Rio, imagina em outros municipios cujo asseio/limpeza nao é nota 10. Abraço fraterno, desta acreana com muito orgulho.