quarta-feira, 29 de outubro de 2008

AEROPORTO PRESIDENTE MÉDICI


Consta em todos os documentos da Agência Nacional de Aviação Civil (veja aqui) que o nome do aeroporto de Rio Branco é Aeroporto Internacional Presidente Médici.

Mas o jornal A Tribunal mais uma vez erra na coluna Bom Dia ao afirmar que, desde a inauguração, em 22 de novembro de 1999, o aeroporto perdeu o registro Presidente Médici, ganhando o nome oficial de aeroporto internacional de Rio Branco. Não é verdade.

O que fizeram durante a inauguração foi apenas pespegar na fachada aquele "Aeroporto Internacional de Rio Branco", assim como o jornal o faz em suas páginas. Porém, oficialmente, o aeroporto continua com o nome do ex-ditador.

Faz seis anos que foi aprovado, em decisão terminativa da Comissão de Educação do Senado, o projeto que daria nova denominação ao aeroporto.

A proposta de mudança nasceu de uma negociação ocorrida na comissão entre o então senador Nabor Júnior (PMDB-AC) e a senadora Marina Silva (PT). Nabor pretendia denominar o aeroporto de Senador Oscar Passos. Por sua vez, Marina queria homenagear o líder seringueiro Chico Mendes.


Foi necessário que, em 2002, a então senadora gaúcha Emilia Fernandes patrocinasse o acordo que permitiu que Nabor Júnior e Marina Silva abrissem mão de seus projetos para celebrar a memória de Plácido de Castro.

Quem quiser saber mais, basta clicar aqui - abrirá uma página com a opção de ler documentos e até os dicursos dos senadores sobre a questão.


Portanto, como o Projeto de Lei do Senado jamais foi aprovado, o nome do aeroporto de Rio Branco continua sendo Presidente Médici. Queira ou não a peçonha da Tribuna.

6 comentários:

Anônimo disse...

Altino em relação a esta questão do aeroporto se vai fechar ou não, eu não sei, mas posso lhe garantir que a GOL e a TAM já estão se prevenindo contra ações na justiça de pessoas que venham a compar passagem e não consigam fazer a viagem devido ao fato do aeroporto ESTAR fechado. Pode consultar o site das 2 companhias que você não consegue comprar passagens pra Rio Branco. Pessoas já estão prejudicadas. Tem gente que comprou passagem anteriormente e agora não consegue trocar data de ida ou de volta porque não existem vôos disponíveis. O que fazer? Bem a sugestão que dei foi ir de avião até o estado "atrasado" de Rondônia e ir de ônibus pra Rio Branco...

Anônimo disse...

Altino, me responda por favor.
o que faz o Jozimo "Peçonha" de Souza todos os dias na ALEAC?
Ele não é funcionário do Tribunal de Justiça?
Se foi colocado à disposição do deputado Moises Diniz é porque nem o TJ tem vergonha.
E já chegou desagregando a equipe comandada pelo João Brana.

eduardo disse...

Quanto ao jornalista Józimo, essa é uma discussao institucional entre as Presidências do TJ e da Aleac.

Anônimo disse...

e depois tem gente que ainda acredita que um dia o Acre vai sediar a COPA DO MUNDO rsrsrsrsrs... faz me rir com tanta palhaçada, é como alguém já disse ai em cima, depois Rondônia é que é um estado atrsado... tá bom!!! é mas éassim mesmo, macaco senta em cima do rabo e só sabe apontar o dos outros... agora é esperar pra ver o pipoco que vai dar esse aeroporto fechado! é uma pena que as eleições já tenham passado...

Anônimo disse...

O problema do "jornalista" Jozimo não é um problema do Tribunal e da Assembléia. É um problema do contribuinte que paga um pária pra não fazer nada.

acreucho disse...

Sinceramente, eu tinha pra mim que o Aeroporto de Rio Branco se chamava Plácido de Castro, nem tinha conhecimento que fosse Presidente Médice. Mas vejo que estava errado.
Como já disse noutro post, esse negócio de fechar ou não, quem deve opinar e decidir são os técnicos, o que não pode é por causa disso ou daquilo se colocar a vida de pessoas em risco, se não houver risco, não fecha, se houver fecha e pronto. Melhor que não feche, mas com segurança.