terça-feira, 22 de julho de 2008

BOATE EM POSTO DE GASOLINA

Novidade acreana no tempo da Lei Seca


A Promotoria de Justiça Especializada de Habitação e Urbanismo abriu investigação preliminar contra a Diesel Pub, boate que funciona há mais de dois meses no posto de gasolina AutoParque, na rua Mal. Deododo, no centro de Rio Branco.

A promotora Rita de Cássia Nogueira Lima já requisitou ao Corpo de Bombeiros vistoria sobre as condições de segurança do estabelecimento.

Requisitou, ainda, que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas verifique se o estabelecimento atende às normas técnicas e leis municipais.

O funcionamento da Diesel Pub, onde se divertem os filhos dos novos ricos do Acre, parece envolver uma velada rede de compadrio e desrespeito às leis.


O coronel Fontes, da Diretoria de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros, onde funciona a Seção de Vistorias e Pareceres, adiantou ao blog que o proprietário do estabelecimento terá que optar pelo funcionamento da boate ou do posto de gasolina.

- O nosso parecer será mais uma vez contra o funcionamento da boate. Para que a boate e o posto possam funcionar simultaneamente, várias leis teriam que ser modificadas - afirmou Fontes.

O blog apurou que a prefeitura de Rio Branco também voltará a se manifestar pelo embargo da boate.

A Pub Diesel não dispõe de saída de emergência e o acesso é a própria área de atendimento do posto de gasolina, um tipo de estabelecimento de risco que não pode concentrar aglomeração de pessoas, sobretudo fumantes e usuários de celular, tampouco dispor de área de estacionamento ou possibilitar a venda e consumo de bebida alcoólica no local.


O posto AutoParque pertence ao empresário Bruno Paiva, que é irmão do deputado Helder Paiva (PP), evangélico da Assembléia de Deus. O empresário obteve licença da prefeitura de Rio Branco para funcionamento apenas do posto de gasolina e da loja de conveniência.

O deputado chegou a ameaçar abandonar a base governista na Assembléia quando a obra da boate foi embargada pela prefeitura e o Instituto de Meio Ambiente do Acre negou licença para que o estabelecimento funcionasse com acesso pelo Parque da Maternidade, que faz parte de uma área delimitada como área de lazer da cidade.

Com a decisão da promotoria, a polêmica pode se estender aos intestinos do Ministério Público do Acre. O empresário Bruno Paiva é compadre do procurador geral de Justiça, Edmar Monteiro. Wolney Paiva, filho de Bruno e afilhado do procurador, é o dono da microempresa que opera a boate.

O secretário de Segurança Pública, Antonio Monteiro, é irmão do procurador geral de Justiça.

- Não peço nem faço nada ilegal. Os setores competentes é que devem responder dentro da legalidade diante desse caso. Se realemente não existe acesso que não seja pela área de atendimento do posto, a boate não pode funcionar - disse o secretário Monteiro a respeito da licença de segurança expedida por sua pasta em benefício do estabelecimento.

À noite, para avisar que está aberta, a boate lança no céu de Rio Branco um facho transversal de luz, com 15 quilômetros de extensão, semelhante àqueles usados para indicar a pista de pouso aos aviões.

A licença de funcionamento temporário da boate pelo prazo de três meses, que se valeu de um benefício legal concedido às microempresas, termina no dia 28 de agosto. O proprietário não providenciou até agora a documentação necessária para o estabelecimento operar definitivamente.

Com refregas nos escaninhos do poder, resta saber se a tolerância para com a DieselPub continuará ou não.

16 comentários:

Leandrius disse...

sugiro que as investiçoes sejam ampliadas para as imediaçoes da boate... cito aquele inferninho chamado Toca do Lobo

Wesley Diogenes disse...

Vejo que já tem playboy e filhinhos-de-papai aqui que já estão se ofendendo com esse bom artigo. hehehehe...

Que a justiça do Acre funcione de forma imparcial e sem apadrinhamento. Oxalá isso aconteça.

ps.: Que essa "elite econômica" construa suas bases e seus palcos, com regras e dentro da legalidade, e que os seus burlamentos e irregularidades não sejam tolerados.

Thiago disse...

Se funciona ilegalmente, que se cumpra a lei. Mas poderiam liberar o acesso via Parque da Maternidade. O que impede? Poderiam negociar. É bom pra cidade. Rio Branco já não dispõe de muitas áreas de lazer, e quando alguém procura criar algo novo já enfrenta todo tipo de oposição - há de se citar o famigerado decreto para fechamentos de bares e boates às 3 da manhã também, que causa espanto para os turistas de outras cidades do país, não acostumados com esse tipo de privação de liberdade. Aquela área também me parece mais segura do que aquela região do antigo aeroporto, onde se localizam várias boates, que é frequentemente visitada por marginais e raramente pela polícia.

Boas Noites disse...

Que a justiça possaser feita.

Leandrius disse...

continuo preferindo gastar meu dinheiro em barretos, é bem mais legal.

Thiago disse...

Isso, gaste seu dinheiro em outra cidade, é ótimo pra Rio Branco. Se bem que você não parece estar muito preocupado com o que é bom pra cá. Prefere fazer oposição a tudo e a todos. Não sei o que faz por aqui. Vá morar em Barretos, poderá gastar seu dinheiro lá com mais frequência e nos poupará de seus comentários torpes.

Leandrius disse...

Thiago, nasci aqui, cresci aqui e vou morrer aqui, oque faço aqui, muita coisa boa, luto para ver o Acre como a capital do agronegocio do norte do país

fernanda disse...

Eu particularmente, abasteço no posto, vou à boate e sou freqüentadora assídua da Toca do Lobo, um ambiente para todos os gostos onde eu escuto: rock in roll, pop rock, Mpb, samba e sertanejo e bebo cerveja gelada. A Toca é um bar que estimula a cultura acreana, lá o ambiente é maravilhoso, alto astral.
Bom, vou deixar 2 comentários:

Comentário 1:
Leandrius, onde vc gasta seu dinheiro(que ganha aqui) é problema seu .... ou se vc não gosta de Rio branco mude-se, acho que vc seria feliz morando em Barretos, cidade pequena que é movimentada por uma festa de peão que ocorre 1 vez ao ano (Nossa Que Legal !!!).
Respeite as pessoas que frequentam a boate Diesel e a Toca do Lobo, respeite os empresários que inovam, geram empregos e que nos proporcionam mais opções para Rio Branco. Portanto, querido Leandrius vc já percebeu que é o único que está falando baboseiras ?!?!?. Meu conselho a vc:
valorize sua terra....
não fale coisas que não sabe, tá ficando feio. PARE!

Comentário 2:
Mas, independente de Barretos, posto, boate, toca ou certos comentários infelizes e sem fundamentos.
Minha reclamação é a respeito dos horários estipulados para fechar as boates e bares, afinal entretenimento noturno também é turismo, Não é ?

Abçs a todos.

Leandrius disse...

Fernanda, eu amo minha cidade, respeito muito os empresarios que inovam, o Galpao Modelo merece total apoio de todos, vai ser um sucesso o baile das comitivas, a respeito de Barretos (capital do rodeio e do sertanejo no Brasil) la tem a festa do peao, tem o pec-show e outros grandes eventos durante o ano, nos é que so temos um grande evento, a expoacre, que ha muito deixou de ser um evento rural, quanto ao inferninho que voce diz que é cultural, ja fui naquela budega e nao vejo nada de cultural ali, muito menos ambiente esse ambiente maravilhoso, estou começando a achar que nao estamos falando do mesmo lugar

fernanda disse...

Agora estou entendendo, você é adepto a um estilo e é radical... isso não é sadio. Não tenho nada contra e muito menos falo mal do estilo que vc defende(mas, confesso que não gosto daquelas calças super apertadinhas).
Momento Cultural:
vc já ouviu falar do Eloi de Castro, Pia Villa, Alamo Kario, Filomedusa ???

Ahh!!! Sabe quem se apresentou na segunda lá ? Los Porongas!!!
(essa banda vc conhece não é ???)
humm!!! Você não deve gostar, vai falar mal tbm ?

Éééé meu caro, realmente não estamos falando do mesmo lugar... E sobre cultura...estou preocupada...se não consegue ver isso!!! aumente o grau de seus óculos.

Tenha uma boa tarde.

Thiago disse...

Leandrius, realmente, você parece ter preconceito contra o tipo de música e o estilo das pessoas que frequentam o lugar. Da mesma forma, não são poucos os que têm preconceito contra os apreciadores de sertanejo e lugares como o Galpão Modelo ou festas de peão e acham lamentável que isso seja tão difundido por aqui. De fato, a Toca do Lobo tem um projeto muito bom, onde toda segunda chamam para tocar ali um artista ou banda local, valorizando a produção de música em Rio Branco. Se não é do seu agrado, isso não muda o fato de que é louvável esse tipo de incentivo. Possibilita a divulgação destes artistas em uma cidade onde eles não costumam ter muito espaço. E a apreciação de um público igualmente carente por atrações assim.

Vamos respeitar as diferenças. O local recebe muitos clientes, é bem localizado, aberto - à todos, inclusive às autoridades - e está longe de ser um inferninho. Se você tem alguma denúncia sobre o local, o faço diretamente às autoridades e deixem que eles façam uma averiguação. Bradar num comentário de um blog popular que o local é um inferninho baseado, aparentemente, em puro preconceito é uma opinião que não traz nada de proveitoso e só serve para denegrir a imagem do estabelecimento, de seus idealizadores e do público que frequenta o espaço.

Ainda que você não tenha comentado a respeito disso, devo dizer que o mesmo vale para a Diesel. Se são playboys ou não que frequentam a boate, isso não pode ser usado para condenar o funcionamento do estabelecimento. Quando aos outros argumentos apresentados, a respeito da ilegalidade do funcionamento do local, estes sim podem e devem ser discutidos.

Hercules disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk o tampa-de-boeiro do Leandrius-boca=-de-chupa-ovo se formou em "dotor" prefere gastar seu dinheiro em Barretos e "luta" para ver o Acre capital do "agrobusines"... faz-me rir, mais um bairrista, imbecil (sic), bitolado, eu frequento a toca, a diesel, o 14 bis, a GModelo, a Excalibur... adoro todos esses lugares, mas se descobrissem que há irreguladirades quanto ao funcionamento deste, que fechem, afinal, a Lei é para todos, independente das pessoas que frequentam, há de se respeitar as normas de funcionamento... kakakakakka.. "capital do agronegócio"....kakakakakaka...

Leandrius disse...

Hercules, se voce tem um projeto melhor para o Acre, diga ai, ou sera que voce so sabe escrever besteira?

fernanda disse...

Que bom as pessoas estão falando pouco. Acho que estão convencidas, de que aqui no Acre tem lugares ótimos para sair, inclusive a Toca do Lobo que é ótimo para bater um bom papo, tomar uma e degustar dos mais variados cardápios, escutar uma ótima música e até mesmo fazer amizades. rs

Leandrius disse...

Em relaçao a toca, retrato-me, cheguei a pouco, um abiente bacana, tocou uns sertanejo dos baum, e pra finalizar foi com o rei Tiao Carreiro, ambienta la eh bem bacana, nao eh mt meu estilo, mas eh baum, pretendo voltar, em relaçao em transformar o Acre na capital do Agronegocios, fico firme

dieguim_snoopy disse...

Wesley Diogenes disse...

Vejo que já tem playboy e filhinhos-de-papai aqui que já estão se ofendendo com esse bom artigo. hehehehe...

Que a justiça do Acre funcione de forma imparcial e sem apadrinhamento. Oxalá isso aconteça.

ps.: Que essa "elite econômica" construa suas bases e seus palcos, com regras e dentro da legalidade, e que os seus burlamentos e irregularidades não sejam tolerados.




SO pq vc n tem dinhero pra frequentar fika xamando qm tem de play boy se fode vey =D