segunda-feira, 23 de outubro de 2006

GESILEU SALVATORE

O salão da Usina de Arte João Donato abriga a exposição “Ninawá”, do artista plástico Gesileu Salvatore. Ele cria a partir da reciclagem de produtos naturais como raízes, troncos, sementes e folhas. Na língua da etnia kaxinawá, "ninawá" significa Pai da Mata ou Senhor da Floresta. O nome traduz o trabalho de Salvatori, que reuniu peças antigas e inéditas. A Exposição está aberta ao público, de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas, e das 14 às 17 horas, até o final de novembro. Vale a pena conferir. A Thays França tirou a foto de uma obra fálica.

5 comentários:

sergiosouto disse...

Gesileu salvatore, é um principe sem
castelo, carruagen e sem frescura. Dono de um talento na arte de reciclar e criar peças belíssimas com o que a natureza lhe oferece. Um guerreiro, um florestânico. Gente, muito gente !

Alceu Ranzi disse...

Este sim é Ducaralho. Como outros devem ter notado, trata-se de uma composição baseada em galhos de Mouratinga ou Muratinga, árvore comum na região do Juruá. Ao se romper (não quebrar) em uma extremidade do galho surge uma forma lembrando a glande humana. O triângulo em muita culturas representa a vagina.

marcos.lunga disse...

gesileu meu chegado melhor rape do acre rs artista 1000...

Unknown disse...

Altino como encontro o rapé do Gesileu aqui em sampa??

ALTINO MACHADO disse...

Não sei.