sexta-feira, 7 de outubro de 2005

BEM-VINDO, ERMANO!

Caro Altino,

Sou jornalista e agora moro no Acre. Antes de chegar aqui sempre imaginei que o Governo acabava com a Amazônia.

Pelo contrário. Percebo, agora, que os dilaceradores estão mesmo entre o povo. Nunca vi tanta fumaça. Nunca vi tanto fogo. E não adianta só orientar que a prática de queimada é cultural, não é?!


Quando começou o fogo na Reserva Chico Mendes, o repórter cinematográfio Kennedy Santos e eu estávamos em Xapuri. Câmera na mão e microfone. Pegamos uma moto e fomos rumo ao inferno!

Passamos por pastos queimados, animais correndo das chamas e até por barreiras de fogo [incêndio dos dois lados da estrada]... Foi triste!

Encontramos muitos agricultores pelo caminho e muita reclamação de que "quem taca fogo é o pessoal que compra fazenda", diziam muitos.

Quando é que isso irá diminuir... Porque acabar não vai, infelizmente.

Bom, já ouvi falar sobre o seu trabalho, mas inda não tive a oportunidade de conhecê-lo. Mas seu trabalho é muito bom e importante.

Parabéns!

Thiago Ermano

Nota do blog: Seja bem-vindo, Thiago. O que você viu não vai diminuir, acredite. No decorrer de não sei quantos anos da ocupação humana, infelizmente, não sobrará nada dessa paisagem exuberante. Mas isso não é motivo para que nos tornemos pessimistas ou mensageiros da indolência. Precisamos resistir, sempre, para adiar o caos. Rio Branco é uma ova. A gente já se esbarra. Inté!

3 comentários:

Marcos Vindin disse...

Altino,Comp@as e Amig@s,estamos buscando escolher um nome para um sitio de notícias e debates,antes de lançarmos queremos ouvir a opinião de tod@s sobre o "nome de batismo" do mesmo, então chegaram algumas sugestões: zarabatana,revol,aurora,coletivos...Dêem a opinião de vocês.Altino, esperamos sua opinião sempre inspirada.

abraços fraternos.Marcos Vindin
mvindin@bol.com.br

André Muggiati disse...

Altino, cê tá muito pessimista, caboclo! Precisa diminuir. Vamos fazer alguma coisa. Abraço, André.

O observador disse...

Pronto! Lá vem mais um caboco do sul, mal dá uma olhada por aqui e já se mete a falar m. Num ti impolga manow, vai primeiro conhecer a realidade local , pra depois começar a iscrever!