quinta-feira, 26 de abril de 2012

JM TERRAPLENAGEM E CONSTRUÇÕES

Governo do Acre contrata empreiteira suspeita de ligação com Carlinhos Cachoeira

O governo do Acre assinou contrato de R$ 12,2 milhões com a JM Terraplenagem e Construções Ltda para urbanização dos bairros Habitasa e Cadeia Velha – Fase I, em Rio Branco.

O termo de homologação, assinado na segunda-feira (23) pelo Secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Wolvenar Camargo Filho, foi publicado na edição de quarta (25) do Diário Oficial do Acre.

Leia mais:

Delta está no Acre

A JM Terraplenagem e Construções Ltda, que atua nas regiões Centro-Oeste e Norte do País, é uma das empresas com supostas ligações com o contraventor Carlinhos Cachoeira e o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO).

A JM Terraplenagem e Construções Ltda é de Brasilia e pertence a José Maria de Oliveira, que é da mesma família dona da Construmil, empreiteira que entrou recentemente em "processo de recuperação judicial" e aplicou calote no Acre contra fornecedores em decorrência da execução de um lote da BR-364.

A JM Terraplenagem e Construções Ltda doou R$ 500 mil, em outubro de 2010, para o Comitê Financeiro Único do PSDB no Tocantins, partido do governador Siqueira Campos. A doação foi citada numa conversa gravada pela PF entre Cachoeira e o diretor afastado da Delta, Cláudio Abreu.

No Acre, a JM Terraplenagem e Construções Ltda também tem sido generosa com as campanhas do PT.

Em agosto e setembro de 2006, a empreiteira doou R$ 160 mil para a campanha do então candidato a governador Binho Marques (PT).

A JM Terraplenagem e Construções Ltda também fez, em agosto e setembro de 2010, duas transferências eletrônicas para a campanha do então candidato a senador Jorge Viana (PT-AC). As transferências totalizam R$ 30 mil.

Em agosto e setembro de 2010, a construtora também fez duas transferências de R$ 20 mil para a comitê de campanha do então candidato a governador Tião Viana (PT). 

A empreiteira anuncia no site dela (veja) que expande atividades com obras rodoviárias no Acre.

- A intensa movimentação de máquinas revela a presença de uma construtora acostumada neste ritmo e tipo de obra em que avança pelo Estado do Acre, em um crescimento constante, buscando maximizar a utilização de seu acervo de equipamentos, veículos, pessoal e know-how em obras de infra-estrutura públicas e privadas - afirma a empresa, embora o link "saiba mais" esteja corrompido.

Consultado pelo blog, o secretário Wolvenar Camargo Filho prometeu esclarecimentos sobre os contratos do governo do Acre com a JM Terraplanagem e Construção.

2 comentários:

eliomar m. disse...

Meu caro Altino e demais do blog, para quem näo sabe é através desta empresa que está sendo montado o esquema de aviltamento dos pequenos empresarios. E o esquema montado consiste em aglutinar o maior numero possivel de pequenos empresarios com uma tal seçäo, para que estes pequenos näo participem das eleiçöes com à oposiçäo. E através destes juntar o maior numero de eleitores trabalhadores destas firmas, e essa montagem passa lá dentro da FIEAC, com aval do sindicato das construçöes. E mais inventaram umas tais associaçöes para justamente se dividir o bolo, e a empresa envolvida nesta pouca vergonha e justamente à JM.

Pietra Dollamita disse...

Parabéns pela matéria de grande importância.
Fico temorosa por você Altino, porque essa pessoas são perigosas.
E como bem sabes, gostam de matar quem falam ou escrevem a verdade.
Mas, calar seria também para vc uma morte. Vai fundo e firme. Te desejo sorte.