sábado, 24 de outubro de 2009

ELE É O CARA


Vou logo avisando: só aceitei posar na foto para Lamlid Nobre porque Marcelo Tas não se conteve após dois dias:

- Quero tirar um foto contigo, Altino - E apontou aquele dedão.

Ter participado com ele do Ineo, em Porto Velho e Rio Branco, valeu a pena. O melhor momento foi ver na platéia o ex-governador do Acre Jorge Viana e o secretário de Comunicação Aníbal Diniz.


- Comunicação é saber ouvir. E ouvir é mais relevante do que ficar dizendo qualquer coisa o tempo todo - ensinou Tas.

Grande Tas falando de corda em casa de enforcado. Nem faz noção do impacto de suas palavras no ambiente acreano. Espero que sua visão democrática sirva para serenar os ânimos daqueles para quem comunicação é mero instrumento da política.


Com
disse certa vez o jornalista Antonio Alves, o governo do Acre não exerce censura.

- Ele simplesmente edita os jornais dos quais é uma espécie de arrendatário, quase dono.

E assim continua.

9 comentários:

Rosangela Barros disse...

Bom dia, aos Caras!

Pela simpatia dos dois tá difícil de descobrir qual dos dois é realmente o Cara!

Daniel disse...

Vocês dois são os caras!

Matthew Meyer disse...

Altino, gostei de como você fica professorial de óculos!
Mateus

Picaretas da Távola Redonda disse...

Olá Altino,

fiz algumas considerações a cerca do INEO no blog. São alguns contrapontos que julgo importante.

http://picaretasdatavola.blogspot.com/2009/10/slow-news.html

Fica o registro aos seus leitores.
Abraços
Felipe

Mente que mente disse...

O Altino tá parecendo o Bafo-de-onça da Disney! oO

Rosangela Barros disse...

Só vi os caras e esqueci-me de um pequeno detalhe irremediável diante do que Marcelo Tas diz sobre a comunicação! Em se falando de “corda em casa de enforcado” eu teria partido para o ataque: segundo o que Tas disse “Comunicação é saber ouvir”.
Toda condição de escuta é fundamental em qualquer comunicação, pois nos permite a visualização da totalidade do discurso em questão, porém na era da velocidade e avanços tecnológicos em que vivemos, apenas saber ouvir, para mim, não é o mais relevante, porque a velocidade e a competitividade do mundo atual nos exige participação imediata!

samurai disse...

Dona Rosangela Barros, a senhora diz muita, muita abobrinha...

Mariah disse...

Compo se diz aqui na Espanha...Me Parto(gargalhadas)pq é muito divertido,as vezes super chatos,eeeses comentarios....
Altino teu blog é bom,porque sabe exatamente o momento de dar o pulo do gato..ou seja...mudar de tema...
e isso é agradável...muda-se o chip...mas alguns dos seus comentadores..nao desistem de serem pesados e inuportunos!
Salve,salve...diversidade,criatividade e boas energias...(que sejam as renováveis)
Bjos

Rosangela Barros disse...

Não estou fazendo comentários para agradar gregos, muito menos os troianos, sr. Samurai!
O meu Alvo é Certeiro!
Pois saiba, minhas abobrinhas estão atingindo muita gente obscura!
"Me parto em gargalhadas! É muito divertido"!
Sugiro ao senhor as palavras do comentário de Mariah: “Salve,salve...diversidade,criatividade e boas energias...(que sejam as renováveis)”
Só acrescento Salve! Salve a Liberdade de Expressão!