quarta-feira, 15 de abril de 2009

SUSAN BOYLE

Luciano Martins Costa



No dia 11 de abril passado, a inglesa Susan Boyle, 47 anos, virgem, feia e gordinha, apresentou-se no programa Britains Got Talent.

Foi ridicularizada quando disse que queria ser uma cantora profissional, vaiada quando disse sua idade, e quando anunciou a música que iria cantar: "I Dreamed a Dream", do musical "Les Miserables".

Então, soltou a voz. O público delirou. Era uma voz de anjo. As pessoas choraram, tentaram cantar junto. Os jurados se remexeram nas cadeiras, o terrível apresentador, que tentara ridicularizá-la, se encolheu e arregalou os olhos.


No fim, foi aplaudida de pé. As pessoas choravam desbragadamente. Uma das juradas pediu desculpas pelo cinismo com que ela foi recebida.

Susan Boyle é pura magia: feia, gorda, virgem aos 47, mas arrebentou com os conceitos de beleza e arte vigentes na mídia.

Começou a sonhar em ser cantora e a estudar aos 12. Quando se apresentou, estava desempregada.
Recebeu a maior nota entre todas as pessoas que se apresentaram nos três anos de existência do programa.

Impossível não se emocionar. Veja no Youtube. Espalhe.

A arte não tem cara feia nem bonita, não tem idade. É apenas arte. Talento.

Susan estuda canto há simplesmente 35 anos. Sozinha.

Os empresários disputam um contrato com Susan Boyle desde que ela veio a público dizer que queria ser uma cantora profissional.

Luciano Martins Costa é jornalista

24 comentários:

Myris disse...

É realmente emocionante. Que voz maravilhosa. Quase chorei:D. E que tapa de luvas naquele jurado prepotente. Espero que sirva de lição a quem está acostumado a julgar apenas pelas aparências.

Viva Susan Boyle!!!!

natal disse...

Chorei ! Sozinho , introspectivamente e despudoradamente, paradoxalmente. Chorei não apenas pela belíssima voz de Susan Boyle, bem como por todos aqueles que sonharam e continuam sonhando, não obstante aos “tigres que vêm à noite com sua voz suave como um trovão, despedaçam sua esperança, transformam seus sonhos em vergonha”
O sonho e a beleza de Susan são similares aos de outras senhoras para as quais a indústria-fonográfica-emburrecedora tem por hábito ignorar a princípio e depois, ao identificar o filão não visto, quererem afagá-las com os braços destruidores do lucro fácil e rápido. Senhoras como Alberta Hunter, Billie Holiday, Cesária Évora, Clementina de Jesus e Virgínia Rodrigues: sobreviventes ao consumismo.
Sonhar é o motor da vida. Que sentido teria amanhecer se não fosse o propósito da luta diária em busca de nossos sonhos?
Sonhar é o moto-contínuo da vida. Fornece-nos a infinita energia para cada célula de nosso corpo em busca do bem-estar individual e coletivo (princípio inerente aos bons).
Impressiona-me, sim, o sonho de Susan. Entretanto, alegra-me constatar que tantos anônimos são, provavelmente, empáticos ao sonho dela, ou , no mínimo, simpáticos. Até o momento, contabilizei 971 links no youtube para o vídeo da apresentação de Boyle, cujo já foi visto por mais de 9 milhões de sonhadores em potencial, desde a primeira postagem há 4 dias até a última registrada há 1 hora.

Chorei ! E daí?!! O que mais importa? Acho que sou mais um sonhador...

Natal Santos
Ps: Abraços, Altino.

Aventure disse...

Que este vídeo sirva de lição para quem costuma subestimar a capacidade das pessoas.

E que pensemos melhor ao julgarmos apenas pela aparencia.

As vezes a embalegem é feia, mais o conteúdo é precioso.

Parabéns pra vcs. Luciano x Altino.

Hercules disse...

Não há como não se emocionar, desde a simplicidade da cantora até a sua magnifica performance. Que sirva de exemplos aos imbecis que acham que um ídolo ou uma futura estrela está num rostinho lindo e num corpo sarado.

Grande exemplo o desta mulher. Uma verdadeira estrela.

Hércules

Jonas Amado Araújo disse...

Altino, sugira que vejam esse. É o melhor!

http://www.youtube.com/watch?v=iS-F0ZfSEUA

Abraços,

Anônimo disse...

Enquanto a humanidade não aceitar que ao morrer todos se tornam uma lama fétida insuportável, vai continuar a existir esses fedidos vivos que teimam em estabelecer o padrão da plástica "perfeita". Por isso que gosto de caricaturas, quanto mais feias mais interessantes são. O Altino por exemplo é feio, queixudo, tem barbicha de bode, fede a tabaco, e agora inventou de andar com um boné estilo Guevara, mas apesar disso e de mais defeitos, ainda assim, é meu amigo.

zemira disse...

...para quê palavras, se a realidade está á vista???
Assombrosa voz.
j.mira

leila disse...

bravo , belíssima voz e um ato extremo de amor , essa mulher conseguiu fazer um carinho no coração de cada pessoa que viu o video , que ela seja muito feliz por repartir toda essa grandiosidade de talento com o mundo.

Willyan Sales disse...

Emoção: muitos não sabem o que é isso no mundo.
sugiro
http://www.youtube.com/watch?v=QWNoiVrJDsE&feature=related

Willyan Sales

claudio disse...

Altino, não se posso ou devo, mas as palavras no nosso "amigo" Natal Santos são aquelas que gostaria de dizer. Parabéns Natal e como você chorei...chorei ! Sozinho , introspectivamente e despudoradamente... sem vergonha de sentir o que senti...

Saudações a todos
Cláudio Remo

claudio disse...

Parabéns aos comentários do Natal Santos, você conseguiu expressar aquilo que também senti, mas não soube escrever... e como você chorei...chorei ! Sozinho , introspectivamente e despudoradamente... sem vergonha de sentir o que senti... e concordando com o amigo Willian Sales, ... Emoção: muitos não sabem o que é isso no mundo.... que pena..

Saudações a todos..

Claudio

Carlos disse...

É possível renascer das cinzas e Suzan nos devolveu a esperança que rastejava por conta dessa condição feudal da televisão, que ignorava o talento e degustava com muita fome os rostos bonitos e os corpos sarados. Esta cafajeste instituição teve hoje o que merecia, uma embolia chamada Suzan Boyle, arrombou o muro do preconceito estético, dessa cafona e brega onda que limita os sonhos e determina quem pode ou não avançar na fila. Com Suzan Boyle estamos sim vingados!

Iberê Thenório disse...

Sensacional! Mais som e menos imagem, pra gente descansar um pouco...

Turandot disse...

Eu tinha que escrever algo sobre essa mulher que me fez chorar como há muito tempo não choro e esse texto não vai pro blog porque estou tão extasiado com ela que não quero por enquanto colocar nada lá, quero ficar olhando e ouvindo ela cantar o maior tempo que conseguir.Eu estava na sintonia da “Divina comédia”, mas sinto que vou ter que pegar um atalho só por hoje para “Os miseráveis” de Victor Hugo que, aliás, há muito tempo anda falando comigo.
Escrevo sobre Susan porque a quero como mais um dos verbetes da enciclopédia da minha alma, tudo que escrevo vem de dentro de mim e isso torna as palavras, os sentimentos e as pessoas parte da minha existência, o físico é ilusão, o pensamento que é o real. Susan parece ser a resposta a uma voz que há muito tempo clama dentro de mim , a mudança do mundo, a sensibilização dele torno-o um lugar menos hostil e mais feliz.
Eu me identifico com Susan porque eu já senti na carne o que é ser desprezado pela crueldade de outros seres humanos, porque sinto a realização plena do meu corpo ao ter superado meus complexos, eu tenho baixa estatura para um homem, e isso sempre foi motivo de chacota, até um dia, até o dia que eu percebi que aquelas pessoas eram cegas, elas não viam o que eu tinha de maior em mim e eu resolvi mostrar ao mundo o que é.Hoje todos os dias quando acordo me orgulho de quem sou.
Como Susan eu tinha preconceito comigo mesmo, uma amiga certa vez abriu meus olhos para isso, eu agradeço a ela por ter me fortalecido, acreditava no bullying que as pessoas adoram fazer com as outras, a humilhação é um prazer sádico inerente ao caráter humano, aprendi a rir das piadas que faziam comigo, fui aperfeiçoando minha percepção, aguçando meu olhar, aprofundando a minha sensibilidade.Assim a minha empatia se tornou um dom, assim como a expressão dos sentimentos mais íntimos.Aprendi com a vida e com a insensibilidade das pessoas a reconhecer o caráter de alguém apenas pela maneira dela olhar ou se dirigir a você.
Susan fez girar a minha vida e hoje é um dia especial para mim, se sorrateiras minhas futuras rugas, quase sempre frutos de preocupação excessiva ou de stress maligno, estiverem nesse momento nascendo em meu rosto elas não serão como as outras, estas são marcas da expressão do meu sorriso.
http://andre.aquino12.blog.uol.com.br

Sandra disse...

Tudo o que eu poderia falar já foi falado pelos outros leitores. É fantástico, impressionante, emocionante e quebra paradigmas.Perfeito!

fernanndo disse...

Foi uma grande surpresa mesmo! Quem na vida não espera um dia fazer algo de extraordinario e tirar o folego das pessoas? Superar as expectativas e arrancar elogios dos mais ceticos! Isso sim é uma lição para muitos pessoas que tem talento e estão adormecidos em suas vidas ! Que esse video traga muita esperança para aqueles de talento e que recebam a recompensa e o elogio para se sentirem felizes!!

OrCa disse...

Terrível constrangimento esse em que nos apercebemos o quanto temos as cabeças formatadas por conceitos estereotipados de feio e bonito... E como permitimos que as nossas mestes sejam moldadas de tal maneira que misturamos tudo, privilegiando o acessório.

De uma cantora deseja-se uma bela voz e não uma bela cara ou um pedaço de corpo.

Susan Boyle deu-nos uma preciosa ajuda (e lição) ao levar-nos a reequacionar as coordenadas. Bem haja!

Crishane disse...

Isso é muito bonito mesmo, mas o mundo é como as pessoas belas e vazias, um completo artificialismo que só vê audiência e glamour em quem tem a casca enfeitada para mostrar. E infelizmente isso foi apenas pontual, não muda muita coisa. Mas, Deus em sua infinita sabedoria e que ama a todos sem distinção, deu-lhe esta belíssima voz pois o que é verdadeiramente belo, sai de dentro.

Marta Betânia Vinagre disse...

Tambem, eu, chorei, as lágrimas corriampelo meu rosto sem parar e eram copiosas lágrimas de uma pessoa que se identificou e muito com Suzam Boyle, com a música e sua letra tão real para algumas pessoas.Deve ser muito difícil ser fora dos padrões de beleza estipulados pela mídia, sentir-se um patinho feio no meio de "beldades" e tentar mostrar ao Mundo que a beleza não é só este invólucro de carne mas muito mais,temos um espírito que devemos burilar e tenho certeza que Suzan Boyle, na sua simplicidade e uma mulher forte de alma com um grande espírito. Devemos nos ver através da capa que nos envolve, nos olharmos mais profundamente assim poderemos ver coisas muito melhores e assim o mundo será menos crítico.

Cavaconline disse...

Mesmo que ela não fosse uma extraordinária cantora deveria ser tratada com respeito pelos jurados, pois só a simpatia e humildade dessa mulher já faz dela uma grande artista.

Que Deus a ilumine e a proteja dos oportunistas, que vão aparecer de monte agora.

Pierre disse...

Realmente quem não se sente fragilizado e acaba chorando com tamanha grandeza apresentada pela humildade dessa pessoa.
Teve a humildade de pedir uma chance e mesmo sendo menosprezada, dislumbrou a todos que estavam presentes , terminou e nem se quer ficou esperando por agradecimentos, saiu humilde como entrou, mesmo depois de ter percebido que todos ficaram extasiados com sua voz.
Chamo a isso de Lição de Vida.
Muito obrigado Susan Boyle por sua lição apresentada para nós ( eu em particular ).
Grato
Paulo

O AMOR EXISTE disse...

o mundo está mudando e felizmente para melhor.
Há algumas centenas de anos;Lotávamos os estádios para assistir-mos os leões devorarem os cristãos e hoje os lotamos para assistir a arte de Ronaldinho Gaucho e etc..Nos Eua presidente é negro;No Brasil um ex operário nordestino. Os Pedófilos estão sendo desmascarados;Os conceitos sobre o amor modificados à velocidade da lua e já se aceita os casamentos entre pessoas do mesmo sexo; e As surpresas postitivas não param... Suzan Bolye; a " feia" ( para nos obrigar a reavaliar nossos conceitos do que é belo)emociona o mundo;No dando a certeza de que; Feia era velha humanidade; esta nova está se mostrando cada vez + linda.
A voz dela é extraordinariamente linda. E ela de uma beleza que todo ser humano verdadeiramente deveria ter.

O AMOR EXISTE disse...

o mundo está mudando e felizmente para melhor.
Há algumas centenas de anos;Lotávamos os estádios para assistir-mos os leões devorarem os cristãos e hoje os lotamos para assistir a arte de Ronaldinho Gaucho e etc..Nos Eua presidente é negro;No Brasil um ex operário nordestino. Os Pedófilos estão sendo desmascarados;Os conceitos sobre o amor modificados à velocidade da lua e já se aceita os casamentos entre pessoas do mesmo sexo; e As surpresas postitivas não param... Suzan Bolye; a " feia" ( para nos obrigar a reavaliar nossos conceitos do que é belo)emociona o mundo;No dando a certeza de que; Feia era velha humanidade; esta nova está se mostrando cada vez + linda.
A voz dela é extraordinariamente linda. E ela de uma beleza que todo ser humano verdadeiramente deveria ter.

Odele Souza disse...

É mesmo linda a voz de Susan Boyle. E certamente ela será uma lição de vida para os arrogantes jurados que a trataram com desdém. Simples e talentosa, assim é Susan Boyle.

Abraço Altino.